sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Com foco no gramado, Ambev financia parte das obras no Caio Martins


Por meio do Movimento Por Um Futebol Melhor, a empresa custeia algumas das reformas no estádio de Niterói. Primeiro passo é o uso pelas categorias de base




Ambev custeará parte das obras no Caio
 Martins (Foto: Jessica Mello)
O Botafogo tem um parceiro para realizar as obras no Estádio Caio Martins, em Niterói. A Ambev, por meio do Movimento Por Um Futebol Melhor, custeará parte das reformas necessárias no local para que a equipe volte a atuar lá. Por ora, porém, a prioridade é as categorias de base, que utilizarão o Caio Martins para treinos e jogos. Em um segundo momento, o Alvinegro busca a reformulação do estádio para utilizá-lo no Campeonato Carioca 2016, quando o Engenhão estiver em uso por parte do Comitê Olímpico Internacional.

O foco principal do investimento da Ambev é o gramado, que deve estar pronto para uso em setembro. De acordo com a diretoria alvinegra, ainda precisarão ser reformados vestiários, refeitórios, cozinha e arquibancadas para poder atender às necessidades do grupo principal nas competições oficiais do ano que vem.

- Inicialmente, as reformas são para o uso da base. O principal era o gramado. Para o uso profissional, é um segundo momento, é um projeto mais ambicioso - explica o vice-presidente social e de comunicação, Marcio Padilha.

Visando o Campeonato Carioca, o Botafogo precisaria reformar as arquibancadas do estádio, aumentando a sua capacidade, dos atuais 5 mil para cerca de 20 mil. O investimento total será de R$ 12,5 milhões. Todavia, o Alvinegro depende de uma aprovação por completo da prefeitura de Niterói, o que ainda não ocorreu, para que possa se dar início às obras de maior porte. O presidente Carlos Eduardo Pereira terá uma reunião com o prefeito Rodrigo Neves nesta terça-feira para alinhar o projeto.

Por Jessica Mello Rio de Janeiro/GE