quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Planejamento: Na Série B, quarteto tem sócios-torcedores como 'virtude'


Botafogo, Vitória, América-MG e Bahia trabalham para fortalecer o programa de associados e já colhem os bons resultados, segundo o Torcedômetro 



No G4, Botafogo é o clube que angariou mais
 sócios-torcedores (Foto: Cleber Mendes)
A disputa pelas quatro vagas rumo à elite do Campeonato Brasileiro está acirrada. A distância do líder Vitória para o nono colocado, o Criciúma, é de apenas sete pontos. Dentro do G4, somente dois pontos separam as agremiações. Para manterem-se na briga pelo acesso, os clubes contam com planejamento e um dos pilares é o programa de sócio-torcedor.


Importantes fontes de renda, os projetos aos associados estão em ascensão no Brasil, em todas as divisões. De acordo com números do Movimento por um Futebol Melhor, idealizado pela Brahma, os quatro primeiros colocados na Série B tentam aumentar a quantidade de afiliados.

Terceiro colocado, o Botafogo é o clube com mais novos sócios-torcedores angariados na temporada em relação ao quarteto. O Alvinegro tem 5.789 novas adesões e figura na 15º colocação do Torcedômetro. Ao todo, a agremiação carioca tem 14.255 afiliados. O líder Vitória conquistou quase mil adeptos em 2015. Atualmente, o Rubro-negro tem 8.694 e aparece na 19ª posição em ranking geral.

América-MG aumentou em 63% o número de sócios-torcedores e conta com 1.677 afiliados. O clube está na 38ª colocação no Torcedômetro. Já o Bahia mantém o número de 24.021 adeptos e figura na 12ª colocação do ranking do Movimento por um Futebol Melhor. O Tricolor deve lançar, em breve, o reformulado projeto.

O programa de sócio-torcedor, em alguns casos, já supera o valor obtido com patrocínios e direitos de transmissão pagos pela televisão.

Aos seus sócios-torcedores, as agremiações do G4 oferecem inúmeras vantagens, como em mais de 600 produtos e serviços de Ambev, Unilever, Pepsico, SKY, TIM, BIC, Centauro.com.br, Easy Taxi, Multiplus, Editora Abril, Méliuz e Raízen, empresas integrantes do Movimento por um Futebol Melhor.


Leia mais no LANCENET!