quinta-feira, 10 de setembro de 2015

O BOM FILHO A CASA TORNA




Luis Henrique fala sobre a alegria de voltar ao ES como profissional do Botafogo








“Nunca se esqueça das suas origens, daquilo que te transformou no que tu és hoje." A frase do pensador Aleixo Logan sintetiza perfeitamente o momento na carreira do jovem atacante Luis Henrique, de 17 anos. Capixaba criado no município de Itarana, o atacante alvinegro voltará ao Espirito Santo, agora como profissional, para o jogo contra o Mogi Mirim, sexta-feira, às 21h30, no Estádio Kléber Andrade.

- É um sonho realizado e um privilégio estar voltando ao Espírito Santo como um jogador profissional. Foi lá que eu realmente comecei a dar os meus primeiros chutes na bola, na cidade de Itarana, lugar que vivi até meus 12 anos e iniciei a minha base no futebol. Sem dúvida é um privilégio voltar a minha terra natal como jogador profissional - disse Luis Henrique, que viajará com a delegação alvinegra após o treino da manhã, no Estádio Nilton Santos.

Defensor do Estado em que até hoje mora seu pai, Evilmar, um ex-jogador que atuou por vários clubes do Espírito Santo, Luis Henrique aposta em casa cheia para o confronto importante contra o Mogi Mirim. O jovem destacou o grande número de botafoguenses em Vitória, torcida que será reforçada na arquibancada por familiares e amigos dos jovem talento alvinegro.

- Eu acho que o 'Klebão' vai estar lotado e acredito que na sexta-feira teremos um caldeirão. É grande o número de botafoguenses no Espírito Santo. Eu nunca joguei lá. Minha família toda vai comparecer e meu pai já me ligou para dizer que vai assistir - contou Luis Henrique, sempre tranquilo e focado no trabalho.

Bem maduro para sua idade, Luis Henrique está totalmente ambientado ao profissional do Botafogo e realiza um bom trabalho ao lado dos companheiros de time e do treinador Ricardo Gomes. O jovem atacante entende que o momento é de trabalhar e evoluir a cada dia e fala da relação de total confiança e cumplicidade com o comandante alvinegro.

- O Ricardo Gomes confia bastante em mim e eu também confio bastante nele. Sei que foi um grande jogador e agora é um grande técnico. Só aprendo com ele. Tento absorver tudo que o Ricardo passa, é um cara muito estudioso e que realmente entende de futebol. Vejo esse processo que eu vivo como natural. Sei que tenho apenas 17 anos e ainda vou evoluir muito. Sei também que algumas vezes vou entrar. outras não... Claro que sempre vou lutar para ser titular e estar jogando, mas entendo perfeitamente os critérios que ele usa para fazer o rodízio no time - encerrou Luis Henrique, talento do Botafogo bem cuidado por todos no clube.

O Botafogo do capixaba Luis Henrique enfrentará o Mogi Mirim, sexta-feira, às 21h30, no Estádio Kléber Andrade, o 'Klebão'. O Glorioso lidera a Série B com 45 pontos somados.

Marcos Silva