terça-feira, 3 de novembro de 2015

Após eliminação no Mundial Sub-17, Luis Henrique volta ao Bota na quarta


Atacante alvinegro marcou apenas um gol na competição, de pênalti, contra a Nova Zelândia, garantindo a classificação às quartas de final, quando o Brasil foi eliminado





Luis Henrique na partida contra a Inglaterra, na
 segunda rodada da fase de grupos. Atacante
 volta ao Bota nesta quarta-feira (Foto: EFE)
Quando se despediu, no fim de setembro, Luis Henrique projetava retornar ao Rio de Janeiro com o Botafogo já classificado para a Série A do Brasileirão. O atacante de 17 anos volta aos treinamentos no Estádio Nilton Santos nesta quarta-feira - ele chegou ao Brasil nesta segunda à tarde - e, apesar de o acesso estar bem próximo, ainda não está confirmado. Assim, o garoto egresso da base alvinegra poderá participar da festa junto dos companheiros.

Luis Henrique, claro, também imaginava seguir mais longe no Mundial Sub-17. O Brasil foi eliminado pela Nigéria nas quartas de final por 3 a 0 em partida realizada no último domingo, no Estádio Sausalito, em Viña del Mar, Chile. O atacante se despediu da competição com apenas um gol marcado. Um gol importante, de pênalti, contra a Nova Zelândia, nas oitavas. Foi ele quem garantiu a classificação para mais uma fase (veja no vídeo abaixo). Luis também balançou a rede em amistoso contra a África do Sul, no período de treinos na Granja Comary.




Luis Henrique chegou badalado à competição, mas não teve nenhuma atuação brilhante - assim como o restante da Seleção. Atuou nas cinco partidas e foi o quinto jogador do Brasil a jogar o maior número de minutos (362). Antes do início do Mundial, inclusive, seu nome estampou manchetes na Europa por um suposto interesse do Arsenal - fora um clube italiano que teria procurado diretamente o Botafogo.

Na última semana, questionado sobre as atuações do garoto na seleção brasileira, seu técnico no Botafogo, Ricardo Gomes, afirmou que não comentaria seu desempenho em campo no Chile, mas que considerava muito importante as convocações e o fato de começar a ter um "histórico" com a amarelinha.


- Sobre o Luis Henrique, sou obrigado a comentar suas atuações no Botafogo. Na Seleção, ele tem o seu treinador, vi poucos jogos. Idade, independente de Seleção ou Botafogo, é assim, não tem jeito. Ele é titular. Não é a primeira vez que é convocado, tem histórico de Seleção. Isso é muito importante. Mas não vou analisar as atuações - disse.


O retorno de Luis Henrique ao Botafogo acontece em um momento de baixa de atacantes. Navarro desfalcou a equipe no sábado, contra o Bahia, em virtude de uma lesão na coxa direita. Sassá precisou deixar o campo ainda no primeiro tempo ao sofrer uma entorse no joelho esquerdo. Ele realizará um exame de imagem nesta terça-feira para constatar a gravidade. Ambos realizaram fisioterapia no Nilton Santos nesta segunda, dia de folga geral, e ainda não se sabe se terão condições de ir jogar no sábado, contra o Criciúma, no Heriberto Hülse.

Por Jessica Mello Rio de Janeiro/GE