terça-feira, 21 de abril de 2015

Botafogo demite preparador físico após série de lesões e desgaste


Trabalho de Marcello Campello vinha sendo questionado por conta dos inúmeros problemas musculares do elenco. Falta de gás contra o Flu foi decisiva na decisão




O Botafogo demitiu, nesta terça-feira, o preparador físico Marcello Campello. Nas últimas semanas, o profissional estava recebendo muitas críticas por conta do alto número de lesões musculares no elenco. A gota d`água foi a partida contra o Fluminense. Embora tenha avançado à decisão do Campeonato Carioca, o time terminou o jogo se arrastando em campo.

O técnico René Simões comunicou a demissão ao preparador no início da tarde desta terça. Pela manhã, Marcello Campello comandou um intenso treino físico na reapresentação dos jogadores, no Estádio Nilton Santos. 

Marcello Campello (esq.) não é mais o preparador físico do Botafogo (Foto: Gustavo Rotstein)


O Botafogo ainda não definiu o substituto de Campello, mas o clube trabalha para trazer um profissional ainda na reta final do Campeonato Carioca. O gerente Antônio Lopes e o vide de futebol Antônio Carlos Mantuano analisam nomes com René Simões.

O trabalho de Marcello Campello vinha sendo questionado há mais de um mês. Dos titulares do Botafogo, apenas Renan Fonseca, Willian Arão e Jefferson não sofreram problemas musculares na temporada. O goleiro, no entanto, teve uma lesão no menisco e precisou realizar uma artroscopeia no joelho direito.

Há duas semanas, após a viagem para João Pessoa, onde o Botafogo estreou na Copa do Brasil, René Simões teve uma reunião de mais de três horas com a preparação física. Na ocasião, o treinador questionou o motivo de tantas lesões musculares. 

Marcello Campello (de boné) comandou o treino físico do Botafogo na manhã desta terça (Foto: Marcelo Baltar)

Por Gustavo Rotsten e Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE