terça-feira, 23 de junho de 2015

Rafael Oliveira confirma saída do Belo para defender o Botafogo na Série B


Glorioso volta a investir no atacante, que confirma o acerto e diz que não joga mais no clube paraibano. Segundo ele, a tarde desta terça-feira vai ser de despedidas




Artilheiro do Botafogo-PB na temporada 2015, com 19 gols, Rafael Olivieira já fala como jogador do xará carioca (Foto: Ademar Filho / Futura Press)

Parece que agora vai. Primeiro o Botafogo investiu pesado em tirar o atacante Rafael Oliveira do Botafogo-PB. O clube paraibano resistiu ao assédio e a negociação esfriou. Agora os cariocas voltaram a tentar a contratação do artilheiro e, enfim, conseguiram. A confirmação é do próprio jogador, que diz já estar tudo certo com o Glorioso e que não joga mais pelo Belo, como é conhecido o time de João Pessoa.

- Já está tudo certo. Eu não vou mais jogar aqui. Vou só hoje me despedir dos amigos no clube - resumiu Rafael Oliveira.

O atacante - que já marcou 19 gols na temporada - chegou a um acordo salarial com o Botafogo e agora deve ir ao Rio de Janeiro para brigar pela posição com Bill no time que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com o próprio Rafael, na tarde desta terça-feira ele vai à Maravilha do Contorno - centro de treinamento do Botafogo-PB - para se despedir dos companheiros de time.

Apesar de ainda não ter assinado contrato com o clube carioca, o atacante já fala como jogador do Glorioso. Para ele, defender as cores de um time com a tradição do Botafogo é a realização de um sonho. Rafael Oliveira é um dos jogadores com quem a diretoria e a comissão técnica do Botafogo-PB contavam para a disputa da Série C.

- Vou resolver isso ainda no Rio, sobre contrato. Vou realizar o sonho de jogar em uma grande equipe - acrescentou o atacante.

- Eu queria agradecer à torcida (do Botafogo-PB) pelo carinho e à Paraíba, que me recebeu muito bem. Gostei muito de conhecer o Estado e vou sentir saudades de tudo daqui - emendou.

O namoro entre o Botafogo e Rafael Oliveira começou quando cariocas e paraibanos se enfrentaram em abril, pela Copa do Brasil. No primeiro jogo - empate por 2 a 2 em João Pessoa -, o atacante marcou os dois gols do Belo e chamou a atenção dos dirigentes do Glorioso. Duas semanas depois, no jogo da volta - 4 a 2 para os cariocas -, foi feito o primeiro contato direto com o jogador. Mas o clube paraibano travou a negociação, não querendo liberar o jogador sem que houvesse uma compensação financeira. Na época, uma lesão no tornozelo do jogador também esfriou a negociação.

Rafael Oliveira foi o principal jogador do Botafogo-PB na temporada. Ele foi o artilheiro do Belo no Campeonato Paraibano, com 15 gols - marcou outros dois na Copa do Brasil, um na Copa do Nordeste e um na Série C. Ele é também o segundo colocado na disputa do "Artilheiro do Ano", ao lado de Max, do América-RN. Os dois estão a dois gols de Robert, que trocou, na semana passada, o Sampaio Corrêa pelo Vitória.

Por Cadu Vieira e Lucas Barros João Pessoa/GE