quarta-feira, 22 de julho de 2015

Após quatro anos, Ricardo Gomes volta ao futebol e assume o Botafogo


Depois de sofrer um AVC, treinador aceita desafio de levar o clube de volta à elite do Brasileiro e assume equipe na próxima semana. Jair Ventura comanda contra o Bahia



Uma semana após a demissão de René Simões, o Botafogo está de técnico novo. Na tarde desta quarta-feira, o clube chegou a um acordo com Ricardo Gomes, de 50 anos. Após o convite em encontro na última segunda, Ricardo procurou a direção alvinegra nesta tarde para comunicar que aceita o desafio de conduziu o clube de volta à Série A.

Ricardo Gomes só deve começar a trabalhar na próxima semana. Para a partida do próximo sábado, contra o Bahia, o interino Jair Ventura segue à frente da equipe.

Último clube que Ricardo Gomes comandou foi o Vasco, quando sofreu um AVC (Foto: Marcelo Sadio / Vasco.com.br)
Ricardo Gomes chega ao Botafogo para substituir René Simões, demitido na última semana após a eliminação na Copa do Brasil, diante do Figueirense. O último clube de Gomes foi o Vasco, em 2011. Na ocasião, o treinador sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) durante um clássico contra o Flamengo. Em 2013, ele voltou ao Cruz-maltino, onde trabalhou como diretor de futebol.

O Botafogo será o quarto grande clube de Ricardo Gomes como treinador no Rio de Janeiro. Além do Vasco, o técnico já passou por Fluminense e Flamengo. No Brasil, ele também já treinou Vitória, Sport, São Paulo, Coritiba e Juventude.

Ricardo Gomes também teve sucesso no futebol francês, onde já comandou Paris Saint-Germain, Monaco e Bordeaux. Em 2004, Gomes dirigiu a seleção brasileira no pré-olímpico e falhou em levar o Brasil aos Jogos Olímpicos de Atenas.

Por Marcelo Baltar Rio de Janeiro/GE