quarta-feira, 15 de julho de 2015

Árbitro relata agressão de Mantuano após derrota do Botafogo na súmula


Texto de Flávio Guerra, porém, não cita o técnico do Figueirense, principal alvo do dirigente carioca, e fala apenas em "soco" no jogador Yago



A confusão envolvendo o vice de futebol do Botafogo, Antônio Carlos Mantuano, o técnico do Figueirense, Argel Fucks, e o jogador Yago não passou despercebida pela arbitragem do jogo entre o time carioca e o catarinense, apesar de ter ocorrido após o apito final. Na súmula da partida que terminou com vitória e classificação do Figueirense, na noite dessa terça-feira, o árbitro paulista Flávio Rodrigues Guerra relatou o incidente. O juiz, no entanto, não citou o treinador do Figueirense, e ressaltou que a arbitragem não presenciou o ocorrido, mas que há testemunhas na imprensa que estava no local.

De acordo com o texto de Flávio Guerra, o supervisor do Figueirense, Rafael Rodinei Machado, foi quem procurou a arbitragem para relatar a agressão.

Súmula do jogo entre Botafogo e Figueirense, pela Copa do Brasil (Foto: Reprodução)

Eliminado da Copa do Brasil, o vice de futebol, Antônio Carlos Mantuano, não aturou as provocações do técnico Argel Fucks e perdeu a linha. Suspenso, o treinador do time catarinense acompanhou o jogo da tribuna e, segundo relatos, provocou o dirigente do Botafogo. Transtornado, Mantuano tentou agredir Argel na entrada do vestiário e precisou ser contido por seguranças e policiais.

- Não vai tirar onda aqui, não - gritava um enfurecido Mantuano, com o dedo em riste.

Sobrou para o jogador Yago, do Figueirense. Ao tentar acalmar os ânimos, o atleta foi empurrado, bateu as costas em uma grade do estádio e se machucou. O dirigente alvinegro ainda tropeçou, caiu no chão e passou mal. De acordo com o presidente Carlos Eduardo Pereira, Mantuano teve uma queda de pressão e precisou ser atendido pelos médicos do Botafogo.

Veja o relato na íntegra:

”Informo que após a partida fomos procurados pelo supervisor da equipe do figueirense fc, sr. rafael rodinei machado rg 4989760 sc, onde o mesmo relatou: " na zona mista, após o fim do jogo, o seu atleta nº 27 yago felipe da costa rocha foi agredido com um soco pelo vice presidente do botafogo fr, identificado como sr. antonio carlos. informo ainda que o referido fato foi presenciado por toda a imprensa que estava no local". relato que tal fato não foi presenciado por nenhum membro da equipe de arbitragem”.

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro/GE