quinta-feira, 2 de julho de 2015

Movimento atinge 1 milhão de sócios, e clubes faturam quase R$ 400 milhões


Desde o lançamento, em janeiro de 2013, crescimento é de 533%. Receita com afiliados cresce mais de R$ 300 milhões e número de equipes participantes salta de 15 para 63



Criado em 2013, Movimento atinge número
histórico (Crédito: Divulgação)
O Movimento por um Futebol Melhor alcançou nesta quinta-feira a histórica marca de 1 milhão de sócios-torcedores. Num momento em que o futebol brasileiro enfrenta dificuldades financeiras, o programa se consolida como uma real e eficiente fonte de receita, com o aumento na arrecadação com os sócios-torcedores que chega a quase R$ 400 milhões anuais.

Em janeiro de 2013, data do lançamento, a receita anual estimada com sócios-torcedores nos 15 clubes participantes do Movimento era de R$ 57 milhões. Agora, com a marca de 1 milhão de associados em 63 clubes, a receita passa para R$ 360 milhões anuais. O crescimento no número de associados é de 533% em 30 meses.

Evolução da estimativa de receita com sócio-torcedor no Movimento

Período Total de sócios Estimativa de receita anual

jan/13 158 mil 57 milhões/ano
dez/13 662 mi 238 milhões/ano
dez/14 794 mil 286 milhões/ano
jul/15 1 milhão 360 milhões/ano

O líder do Torcedômetro, o ranking nacional do Movimento por um Futebol Melhor, é o Internacional, com 146.219 sócios-torcedores, seguido por Palmeiras (128.354), Corinthians (107.208), Grêmio (83.457) e Cruzeiro (71.534). Na história do Movimento, o clube com maior crescimento é o Palmeiras: mais de 118 mil sócios-torcedores. O Alviverde é também o clube que registrou o maior aumento de associados este ano até agora: quase 64 mil.

Ranking 2013-2015
Clubes - Novos ST
1) Palmeiras - 118.828 novos sócios-torcedores
2) Cruzeiro - 64.511
3) Corinthians - 62.973
4) Flamengo - 62.645
5) São Paulo - 49.206
6) Internacional - 46.090
7) Atlético-MG - 36.013
8) Fluminense - 12.567
9) Botafogo -12.074
10) Grêmio - 11.744
11) Vasco - 10.290
12) Santos -10.095
13) Ponte Preta - 8.260

Ranking de crescimento em 2015
1) Palmeiras - 63.903 novos associados
2) Corinthians -40.489
3) Internacional - 18.688
4) São Paulo - 18.160
5) Sport -11.269
6) Flamengo -10.426
7) Ponte Preta - 8.171
8) Botafogo - 5.724
9) Atlético-MG - 5.092
10) Cruzeiro -4.372

Sócio-torcedor também ganha
Não apenas os clubes tiveram ganhos importantes nestes dois anos e meio do programa. Os sócios-torcedores receberam mais de R$ 60 milhões em descontos nos produtos e serviços oferecidos pelas 11 empresas que fazem parte do Movimento: Ambev, Unilever, Pepsico, SKY, TIM, BIC, Centauro, Easy Taxi, Editora Abril, Multiplus e Shell.

Para os sócios-torcedores, as vantagens são cada vez maiores. Em média, o associado recebe R$ 30 de descontos mensais, o que muitas vezes chega a superar o valor das mensalidades, comprovando como é vantajoso participar.

Ranking mundial do Movimento
No ranking mundial elaborado pelo Movimento, três clubes brasileiros estão no Top 10: Inter, Palmeiras e Corinthians. O líder é o Benfica, com 270 mil associados.





Receita ainda maior
Estudos do Movimento apontam um para um enorme potencial de crescimento. Os clubes brasileiros podem mirar receitas entre R$ 1 bilhão e R$ 2 bilhões, levando-se em conta as taxas de adesão de Internacional (maior do Brasil, 2,6% do total de seus torcedores como sócios) e Benfica (maior do mundo, 4%).
Clube Torcida Sócios %T/ST R$ anual/milhões
Internacional 5.600.000 146.219 2,6% 52
Grêmio 6.000.000 83.457 1,38% 30
Cruzeiro 6.200.000 71.534 1,5% 25
Santos 4.800.000 57.689 1,2% 21
Flamengo 32.500.000 62.645 0,2% 23
Corinthians 27.300.000 107.208 0,4% 38
Palmeiras 10.600.000 128.354 1,2% 45
Atlético-MG 7.000.000 40.833. 0,58% 15
São Paulo 13.600.000 55.140 0,40% 20
Fluminense 3.600.000 25.020 0,7% 9
Vasco 7.200.000 16.805 0,23% 6
Botafogo 3.400.000 14.194 0,42% 5

Projeção de crescimento e faturamento com base no índice do Inter (2,6%) (sócios mil/ projeção R$ milhões)
Flamengo 845 304
Corinthians 710 255
SãoPaulo 353 127
Palmeiras 275 100
Vasco 187 67
Atlético-MG 182 65
Cruzeiro 161 58
Grêmio 156 56
Internacional 145 52
Santos 150 54
Fluminense 94 34
Botafogo 85 30

Projeção de crescimento e faturamento com base no índice do Benfica (4%) (sócios mil/ projeção R$ milhões)
Flamengo 1.300 468
Corinthians 1.092 393
SãoPaulo 544 196
Palmeiras 424 153
Vasco 288 104
Atlético-MG 280 101
Cruzeiro 248 89
Grêmio 240 86
Internacional 224 81
Santos 192 69
Fluminense 144 52
Botafogo 136 49

Leia mais no LANCENET!