quarta-feira, 1 de julho de 2015

Botafogo recebe R$ 2,3 milhões pelo reembolso dos gastos do Nílton Santos, mas Prefeitura segue em dívida com o clube




Engenhão em obras Foto: Angelo Antônio Duarte / Agência O Globo
Nelson Lima Neto
O Botafogo confirmou na noite desta terça-feira que o clube recebeu R$ 2,3 milhões da Prefeitura relativos ao reembolso com os gastos com água, luz, limpeza e segurança do Estádio Nílton Santos. Apesar do pagamento, resta ao município pagar o restante da dívida, estimada em R$ 1,2 milhão.

Até as 17h, nenhum dirigente alvinegro tinha sido notificado do reembolso, total ou parcial. Após a realização da reunião do Conselho Deliberativo, em General Severiano, já no fim da noite, os dirigentes confirmaram o depósito.

Segundo o vice presidente de finanças alvinegro, Bernardo Santoro, o dinheiro que entra servirá para pagar parte dos direitos de imagem atrasados de jogadores do elenco e parte dos salários de maio não pagos de funcionários do clube.

O Botafogo espera receber, nesta quarta-feira, cerca de R$ 3,6 milhões válidos pela primeira parcela da venda do zagueiro Dória ao Olympique de Marselha, da França. O valor servirá para arcar com as folhas de pagamento o futebol e de funcionários do mês de junho.

Leia mais: http://extra.globo.com/esporte/botafogo/botafogo-recebe-23-milhoes-pelo-reembolso-dos-gastos-do-nilton-santos-mas-prefeitura-segue-em-divida-com-clube-16620559.html#ixzz3eeCvvtvJ